London Gig Guide

London Gig Guide 67

Being in London or not, it is possible to track which bands are playing all round the town, and get to know them before they become the next “big thing.”

  • Estando em Londres ou não, é possível acompanhar as bandas que estão tocando em toda a cidade, e conhecê-las antes que se tornem a próxima “grande coisa”.

London Gig Guide is a weekly radio show that presents bands you can watch playing in London in the coming week, in the best small venues.

  • London Gig Guide é um programa semanal de rádio que apresenta bandas que você pode assistir em Londres na próxima semana, nos melhores e menores lugares.

No big acts! They try to bring us the very brand new music, played by bands and performers who came directly from their garage!

  • Nada de grandes shows! Eles tentam nos trazer a música novíssima, interpretada por bandas e artistas que vêm diretamente da garagem!

I’ve been listening to the podcast for some weeks now, and I have found out lovely singers and musicians! Highly recommend! This week, my favourite acts are Daniel Jeanrenaud (‘It’s gonna rain’), Gemma Ray (‘Shake Baby Shake’) and Attu (‘We Are Ordinary People’). Try it!

  • Eu tenho escutado o podcast por algumas semanas agora, e descobri ótimos ​​cantores e músicos! Recomendo! Esta semana, os meus favoritos são Daniel Jeanrenaud (‘It’s gonna rain’), Gemma Ray (‘Shake Baby Shake’) e Attu (‘We Are Ordinary People’). Experimente!

Um dia inteiro para a música

No próximo sábado, Londres vai sediar o Music Day, um dia de eventos públicos gratuitos para celebrar a linguagem universal da música.

music 3

Originado na França, em 1982, ele acontece anualmente no dia 21 de junho – no solstício do meio do verão europeu. No ano passado, o dia foi comemorado em 108 países e 726 cidades ao redor do mundo.

A ideia é levar a música para as ruas – parques, esquinas, terraços de cafés, telhados, travessias subterrâneas e playgrounds, apesar de alguns shows acontecerem em locais fechados.

Apresentação na festa do ano passado

Uma das apresentações no ano passado

O Reino Unido começou a participar em 2013, com 20 eventos de Belfast a Jersey. Como neste ano a data cai em um sábado, a expectativa dos organizadores é reunir muitos mais shows e pessoas.

Todos estão convidados a participar – você pode tocar/cantar, organizar, emprestar equipamentos e apoiar o dia. No caso de querer participar, mas não saber como, eles oferecem uma ótima página de inspiração.

Verifique a lista de eventos: performances ocorrem em várias cidades e são divididas em 24 estilos musicais. É música para todos os gostos!

music previous years 2

Uma das apresentações no ano passado

 

Dia D para Lojas de Discos de Londres

E o dia é 25 de novembro, a próxima segunda-feira.

O que acontece? A Rough Trade, “a icônica loja de música de Londres que deu origem à [gravadora] Rough Trade Records e serviu de berço para a música pós-punk no final de 1970” (segundo a Billboard), está abrindo uma loja enorme, com 1.393 m2 em Nova York. Sim, mais de 1 mil m2! É assombroso, três vezes maior do que a maior loja deles em Londres.

RTW_SHOP

Fachada da Rough Trade West / Imagem capturada do site da Rough Trade

Por outro lado, esse é o último dia para fazer uma oferta para a compra da loja On The Beat Records no eBay. Tim Derbyshire abriu suas portas em 1979 na região central da cidade, em uma travessa da Oxford Street, e agora colocou todo o negócio à venda, inclusive os vinis. O preço é 300 mil libras, caso você esteja interessado e tenha um trocado no bolso. Ela recebeu 46 ofertas enquanto escrevo estas linhas.

Então, o que é que há com os donos de lojas de discos? Por que estão seguindo caminhos tão opostos?

A Rough Trade diz que, entre 2007 e 2012, as vendas de discos aumentaram 88% na Grã-Bretanha e que o vinil é mais popular na América também, com as vendas indo de US$ 23 milhões para US$ 163 milhões no mesmo período. Eles estão extremamente entusiasmados em levar sua marca para o exterior.

Derbyshire diz que sua loja, um lugar onde você encontra da psicodelia dos anos 60 ao grunge dos 90, precisa de sangue novo, alguém mais jovem para levá-la, e não particularmente preocupado com lucro. Sua descrição no eBay deixa explícito: “Se você está na fase da vida em que não precisa se preocupar em ganhar dinheiro, mas pode viver a vida boêmia, conhecer pessoas interessantes todos os dias e ocasionalmente uma estrela do pop ou rock, aqui está a seu chance de assumir a loja mais antiga de discos no centro da Swinging London”.

$T2eC16JHJF0FFZ317BzNBSb!YlNFNQ~~60_12

Fachada da On The Beat Records / Imagem capturada da página no eBay

Trata-se de estratégia de marketing? Administração? Ser ativo na internet? Será que Derbyshire é low profile demais? Ou a Rough Trade é muito confiante?

Vamos ver o que virá a seguir… Enquanto isso, se você é fã de discos como eu, não perca o próximo RECORD STORE DAY! É na sexta que vem! Compre uma agulha nova para sua vitrola e coloque o disco pra tocar!

(Caso interesse, a versão do texto em inglês traz links para outras músicas.)