The Garden Bridge

Official poster invites Londoners to have a say on the project / Photo: tfl.gov.uk

Local government is calling Londoners to give their opinion about a bold project: they want to make a(nother) bridge over the Thames, or rather, a footbridge in the middle of a garden.

The project is called “Garden Bridge” and is headed by The Garden Bridge Trust, a charity created just to promote it and raise funds for its building.

The source of the money was the first questioning of the population. It is hard to invest in something extra when there are problems in health and education, among others. However, the government ensures that the £ 60 million required will come from private investors – or there will be no Garden Bridge.

Bridge Perspective / Photo: http://www.heatherwick.com

Undoubtedly, it is a structure to make the scenery even more beautiful, a new landmark of the city sought and packed with tourists. Project drawings leave no doubt.

But necessity indeed may not exist.The very well known Tower Bridge was built in the late nineteenth century because poor London Bridge could not stand the traffic of carriages and people in the central region anymore. Traffic jams were constant. Queen Victoria opened a contest to choose the best design and in eight years it was done.

Today, it is possible to cross the Thames in Greater London in 34 bridges. Londoners have until December 20 to give their views on the implementation of this one, which would be the 35th, built between Waterloo and Blackfriars bridges.

The project was developed by agencies Heatherwick Studio, Dan Pearson Studio and Arup, which won a contest taken by Transport for London (TfL) in June. Heatherwick was also the winner of a competition to choose a new design for the buses in 2010. “Boris buses” can now be used in four routes since replacement is gradual.

The latest bridge opened in London was the Millennium Bridge in 2000, also for pedestrians. It was then closed for security reasons and reopened in 2002.

View at dusk / Photo: http://www.heatherwick.com

Access to the bridge from Arundel Street / Photo: http://www.heatherwick.com

A “Ponte Jardim”

Pôster oficial convida os londrinos a opinar sobre o projeto / Crédito: tfl.gov.uk

O governo local está convocando a população de Londres para opinar sobre um projeto arrojado: eles querem construir (mais) uma ponte sobre o Tâmisa, ou melhor, uma passarela em meio a um jardim.

O projeto se chama “Garden Bridge”, ou “Ponte Jardim”, e é liderado pela The Garden Bridge Trust, instituição de caridade criada apenas para promovê-lo e angariar fundos para sua construção.

A origem do dinheiro foi o primeiro questionamento da população. Fica difícil investir em algo supérfluo quando há problemas na saúde e na educação, entre outros. Porém, o governo garante que os 60 milhões de libras necessários virão de investidores privados – ou não haverá Garden Bridge.

Perspectiva da ponte / Crédito: http://www.heatherwick.com

Sem dúvida, trata-se de uma construção para deixar a paisagem ainda mais bonita, um novo marco da cidade procurado e repleto de turistas. Os desenhos do projeto não deixam dúvidas.

Mas necessidade de fato, talvez não exista. A conhecidíssima Tower Bridge foi construída no fim do século XIX porque a coitada da London Bridge já não dava mais conta do trânsito de charretes e pessoas na região central. Congestionamentos eram constantes. A Rainha Vitória abriu uma competição para escolher o melhor design e em oito anos ela estava pronta.

Hoje, é possível cruzar o Tâmisa na Grande Londres em 34 pontes. Os londrinos têm até 20 de dezembro para dar sua opinião sobre a implantação dessa que seria a 35ª e ficaria entre as de Waterloo e Blackfriars.

O projeto foi desenvolvido pelas agências Heatherwick Studio, Dan Pearson Studio e Arup, que venceram em junho uma concorrência feita pelo Transport for London (TfL). A Heatherwick também foi a vencedora de uma competição da prefeitura para selecionar um novo design para os ônibus da cidade, em 2010. O “ônibus do Boris”, como é chamado – uma referência ao prefeito Boris Johnson – pode hoje ser usado em quatro rotas, já que a substituição é gradativa.

A última ponte inaugurada em Londres foi a Millennium Bridge em 2000, também para pedestres. Ela foi fechada em seguida por questões de segurança e aberta novamente em 2002.

dezeen_Thomas-Heatherwick-reveals-garden-bridge-across-the-Thames_ss3

Vista ao entardecer / Crédito: http://www.heatherwick.com

Acesso à ponte a partir da Arundel Street / Crédito: http://www.heatherwick.com