London Gig Guide

London Gig Guide 67

Being in London or not, it is possible to track which bands are playing all round the town, and get to know them before they become the next “big thing.”

  • Estando em Londres ou não, é possível acompanhar as bandas que estão tocando em toda a cidade, e conhecê-las antes que se tornem a próxima “grande coisa”.

London Gig Guide is a weekly radio show that presents bands you can watch playing in London in the coming week, in the best small venues.

  • London Gig Guide é um programa semanal de rádio que apresenta bandas que você pode assistir em Londres na próxima semana, nos melhores e menores lugares.

No big acts! They try to bring us the very brand new music, played by bands and performers who came directly from their garage!

  • Nada de grandes shows! Eles tentam nos trazer a música novíssima, interpretada por bandas e artistas que vêm diretamente da garagem!

I’ve been listening to the podcast for some weeks now, and I have found out lovely singers and musicians! Highly recommend! This week, my favourite acts are Daniel Jeanrenaud (‘It’s gonna rain’), Gemma Ray (‘Shake Baby Shake’) and Attu (‘We Are Ordinary People’). Try it!

  • Eu tenho escutado o podcast por algumas semanas agora, e descobri ótimos ​​cantores e músicos! Recomendo! Esta semana, os meus favoritos são Daniel Jeanrenaud (‘It’s gonna rain’), Gemma Ray (‘Shake Baby Shake’) e Attu (‘We Are Ordinary People’). Experimente!
Advertisements

Who wants a website with the .london domain? I do!

Last year, London & Partners, the official promotional organisation for London, with the support of the Mayor of London secured the new .london domain in a deal with ICANN, the global internet body.

The domain names go on sale on April 29. Yes, from that day on, we’ll find web addresses such as http://www.selfridges.london or http://www.museum.london. Amazing, don’t you think?

London will be one of the first cities in the world to launch its own domain. According to the official media, businesses, organisations and individuals will be able to register domains ending in .london in order to maximise their internet presence.

Dot London 1

For the first three months, they will give priority to the ones placed in London as it should be. During this period, anybody with an interest in the town can apply for a .london domain name. They explain the allocation of names will depend on the priority ranking.

London & Partners has disclosed that thousands of businesses have expressed an interest in it. In February, a YouGov survey of small businesses in London found out that more than one in four was likely to register for a .london web address.

Policies for being eligible for a .london domain are:

• What domain names can be registered
• The terms and conditions domain users must abide by
• Rules for acceptable use – complaint policies and procedures
• Privacy and data protection

Just wondering… Is “loving London so much that it hurts” a strong enough reason to get a .london domain?

I’ll stay here, dreaming about http://www.LillyLoves.London!

London numbers

According to London & Partners, the town is home to:

• 800,000 businesses, from global brands to local services
• more than 8m residents
• 4.2m workers
• 50,000 community and voluntary organizations

Quem quer um site com o domínio .london? Eu!

No ano passado, a London & Partners, organização promocional oficial para Londres, com o apoio do prefeito da cidade, garantiu o novo domínio .london, em um acordo com a ICANN, o órgão mundial da internet.

Os nomes de domínio vão à venda em 29 de abril. Sim, a partir desse dia, vamos encontrar endereços na web como http://www.selfridges.london ou http://www.museum.london. Incrível, não?

Londres será uma das primeiras cidades do mundo a lançar seu próprio domínio. De acordo com os meios oficiais, empresas, organizações e indivíduos poderão registrar domínios terminados em. london, com o objetivo de maximizar suas presenças na Internet.

Dot London 3

Nos primeiros três meses, eles darão prioridade aos situados em Londres, como deveria ser. Durante este período, qualquer pessoa com interesse na cidade pode se inscrever para ter um domínio .london. Eles explicam que a atribuição dos nomes vai depender de classificação de prioridade.

A London & Partners divulgou que milhares de empresas manifestaram interesse no endereço. Em fevereiro, uma pesquisa do YouGov com pequenas empresas da cidade descobriu que mais de uma em cada quatro pretendem se registrar para um endereço .london.

As políticas para ser elegível para um domínio .london são:

• Que nomes de domínio podem ser registrados

• Os termos e condições que usuários do domínio devem respeitar

• Regras para uso aceitável – as políticas e procedimentos de reclamação

• Privacidade e proteção de dados

Fico me perguntando… Será que “amar Londres tanto que dói” é uma razão forte o suficiente para conseguir um domínio?

Fico aqui, sonhando com http://www.LillyLoves.London!

 

Número de Londres

De acordo com a London & Partners, a cidade é residência para:

• 800 mil empresas, de marcas globais a os serviços locais

• mais de 8 milhões de habitantes

• 4,2 milhões de trabalhadores

• 50 mil organizações comunitárias e voluntárias

 

The whole city on your screen

The River Thames is on Google Street View now.

The group took pictures every 2.5 seconds along 30 miles of the river using a tricycle based camera last summer. The Thames is the first river in Europe to be mapped by this technology.

The view of popular attractions, such as the Houses of Parliament, the Tower of London and the London Eye, is available. Places more distant from the central area, as the Richmond Bridge, are also there.

The Maritime Journal says there are plans to map London’s canals.

Thames 3

Google had previously announced virtual visiting of other fascinating places:

  • Tate Britain: International modern and contemporary art and the national collection of British art from 1500 to the present day.
  • Tate Modern: Britain’s gallery of international modern art.
  • The National Gallery: It houses one of the world’s greatest collections of Western European paintings; contains over 2,300 works.
  • The Gatwick Airport, the second largest and busiest airport of England, just behind Heathrow.
  • Paddington, Victoria, King’s Cross, St. Pancras, Charing Cross, Waterloo, London Bridge, Cannon Street, Fenchurch Street and Liverpool Street train stations.

A cidade inteira na sua tela

O Rio Tâmisa está no Google Street View agora.

A empresa tirou fotos a cada 2,5 segundos por 48 quilômetros do rio usando uma câmera apoiada em um triciclo, no último verão londrino. O Tâmisa é o primeiro rio na Europa a ser mapeado por essa tecnologia.

A vista de pontos conhecidos, como o Parlamento, a Torre de Londres e a London Eye, está disponível. Lugares mais distantes da área central, como a Ponte de Richmond, também estão lá.

O Maritime Journal afirma que há planos de mapear todos os canais de Londres.

Thames 1

O Google já havia anunciado antes a possibilidade de visitar virtualmente lugares interessantes:

  • Tate Britain: arte moderna e contemporânea internacional e a coleção nacional de arte britânica desde 1500 até hoje.
  • Tate Modern: galeria de arte moderna internacional.
  • The National Gallery: abriga uma das maiores coleções do mundo de pinturas da Europa Ocidental; contém mais de 2.300 obras.
  • O Aeroporto de Gatwick, o segundo maior e mais movimentado da Inglaterra, atrás apenas de Heathrow.
  • As estações de trem de Paddington, Victoria, King’s Cross, St. Pancras, Charing Cross, Waterloo, London Bridge, Cannon Street, Fenchurch Street e Liverpool Street.